NAQUELA NOITE EU OLHEI PELA JANELA E VI A LUA MORRER


Sinopse: “Naquela noite eu olhei pela janela e vi a lua morrer”, escrito e encenado por Ricardo Brighi, Com direção de Wesley Leal, Brighi, em uma ação solitária, se ampara no texto que escreveu e, através de uma personagem ficcional, dá voz a um tema pra lá de profundo: a dor da perda em todos os sentidos, da jovialidade, dos amores, do desejo, da volúpia e, junto a elas, traz a reflexão sobre como é (ou será – ou pode ficar) a vida de um homem gay depois de seus sessenta anos. O personagem principal vive uma noite de lembranças, onde coloca na balança e divide com o espectador os seus relacionamentos, as suas aventuras, os seus desesperos e, sobretudo, a sua solidão. Trata-se de uma noite de cartas na mesa, de um claro, honesto e profundo diálogo do personagem consigo próprio.


Agora no Rio de Janeiro no teatro Cândido Mendes

Apresentações aos sábados e domingos as 19hs

Compre seu ingresso agora clicando AQUI!