Carrossel SITE.jpg
THI_5597.jpg
THI_5520.jpg
THI_5534.jpg
THI_5599.jpg
THI_5605.jpg
THI_5611.jpg
THI_5618.jpg

Louca para Amar

Estreou no dia 07 de janeiro, no Teatro Renaissance em São Paulo, o espetáculo Loucas para Amar, protagonizado pela atriz Luiza Tomé, com participação do maestro Miguel Briamonte e direção de Rogério Fabiano. A peça, um texto inédito de Claudia Tajes, é inspirada no best-seller Louca por Homem, também de sua autoria. Esse é o primeiro solo de Luiza Tomé em mais 43 anos de carreira, que ainda está como produtora do espetáculo.

Louca para Amar conta a história de Graça uma mulher que a cada nova paixão surge com uma nova personalidade. Com um namorado, virou especialista em sexo tântrico; com outro, se despiu dos bens materiais; com outro, conheceu o misticismo; também virou fumante, judia ortodoxa, obsessiva por limpeza, nacionalista, boêmia, esportista, às vezes até acumulando mais de uma personalidade. Independente de com quem quer que seja, amores, amigos, família, por conta de sua ansiedade para ser amada, Graça passa a incorporar os desejos, os gostos, as características e os enganos dos outros.

Graça mostra os bastidores das paixões arrebatadoras pelos olhos de uma mulher que é uma verdadeira camaleoa, além de trocar de personalidade como quem troca de roupa, Graça nunca está 100% satisfeita com sua escolha e comete uma gafe atrás da outra na tentativa de conquistar alguém.

Solteiras, casadas, enroladas, todas as mulheres vão se identificar com as estripulias de Graça - baseadas nas loucuras das que já se apaixonaram pelo menos uma vez na vida. Uma jornada para descobrir que a melhor relação que ela precisa ter na vida é com ela mesma.

A peça conta com uma trilha sonora sofisticada, composta especialmente e executada ao vivo pelo Maestro Miguel Briamonte, em participação especial. O destaque da trilha são os ritmos alegres e intensos, entre temas românticos e músicas incidentais. 

 

FICHA TÉCNICA:

Texto: Cláudia Tajes

Direção: Rogério Fabiano

Direção de produção: Gerardo Franco

Elenco: Luiza Tomé

Cenografia e iluminação: Rogério Fabiano

                            Figurinos: Luiza Tomé                           

Trilha sonora: Miguel Briamonte

Fotos: Glauber Dias  e Thiago Cardenalli

Visagismo: Ramon de Souza

Assessoria de imprensa: Fabio Camara

Assessoria Online: Carlos Altieres

Administração geral e coordenação de projeto: Gerardo Franco

Produtores associados: Gerardo Franco, Luiza Tomé e Rogério Fabiano

  

SERVIÇO:

LOCAL: TEATRO D - Rua João Cachoeira, 899 1 andar - Piso G-2 - Itaim Bibi, São Paulo

DURAÇÃO: 60 min

CLASSIFICAÇÃO: 12 anos

 

EQUIPE:

Cláudia Tajes (Autora)

 

Redatora publicitária e autora dos livros "As Pernas de Úrsula e Outras Possibilidades" , "Dores", "Amores & Assemelhados" , "Vida Dura" , "A Vida Sexual da Mulher Feia", "Louca por Homem", "Só as Mulheres e as Baratas Sobreviverão", "Por Isso Eu Sou Vingativa" e "Dez Quase Amores".

 

Rogério Fabiano (Diretor)

 

Iniciou sua carreira no ano de 1977 ,fazendo comerciais de televisão. De lá pra cá, dirigiu, produziu e atuou em cinco telenovelas, programas de televisão, e 60 espetáculos teatrais de sucesso. Atuou em: "Malhação", "Os Mutantes", "Prova de Amor" (atualmente em reprise), "Mandacaru", "Olhai Os Lírios do Campo", "Decadência", "As Noivas de Copacabana", "Chapadão do Bugre", "Antonio Maria", "Tudo em Cima" entre outras. Dirigiu mais de 30 espetáculos, entre eles: "FLICTS", "Os Saltimbancos", "Salamê Minguê", "Há Um Homens da Minha Casa", "Camisa de Força", "Amigas Para Sempre", "Tem Um Psicanalista na Nossa Cama" e "Doce Traição".

 

Luiza Tomé (Atriz)

 

Estreou na televisão em 1978, na novela "Dancing Day's", como figurante. O primeiro papel foi na novela "Corpo a Corpo" (1984). Participou ainda de mais de 20 novelas com destaque para “Tieta”, Pedra sobre Pedra”, “Fera Ferida”, “A Indomada”, “Porto dos Milagres”, “Cidadão Brasileiro”, Dona Xêpa”, “Escrava Mãe”, “O Sétimo Guardião”. No cinema esteve no filmes “Inspetor Faustão e o Mallandro”, “Ed Mort”, “O Cangaceiro” e “Anjos de Cabelos Longos”. No participou das peças “As Guerreiras do Amor”, “Mulheres Alteradas”, “Um Assim, outro Assando” e “Além do que nossos olhos registram”.

 

Miguel Briamonte (Maestro)

 

Um dos maiores diretores musicais da cidade de São Paulo. Trabalhou em “O Fantasma da Ópera", “2 Filhos de Francisco”, "Musical Popular Brasileiro”, “O Musical, Mamonas” e “Forever Young”, a série “Assunto de Família” para GNT e as peças “Do Outro Lado”, “Constelações”, “Num Lago Dourado” e “Amigas, Pero, No Mucho”.