“5 homens e um segredo' traz o tema da masculinidade para o palco”

Desde o início dos tempos uma pergunta assombra os homens: "tamanho é documento?" Para pânico geral da nação masculina, a resposta ainda parece ser sim.

Ambientada no Rio de Janeiro de hoje, a peça é um retrato contundente de como o ser humano e a própria sociedade definem a masculinidade. Para os personagens José Carlos, Luiz Orlando, Jorge Alberto e Ricardo, o tamanho importa e muito. Não à toa, esse pequeno grupo se encontra todas as quartas à noite, no porão de uma igreja católica, em uma reunião de autoajuda para indivíduos com pênis pequeno. Esta característica em comum é o foco de suas lamentações semanais, atestando que o assunto ainda é um tabu e assombra os homens, que se sentem diminuídos em sua força e virilidade.

O grupo foi organizado por um padre e tem três frequentadores assíduos. Uma noite, porém, um novo integrante (Mário) se junta aos demais e os leva a se questionarem sobre as relações do grupo e sobre seus próprios medos e fantasmas. À medida que esses homens se abrem, segredos são revelados e vêm à tona questões sobre identidade, masculinidade, sexo, relacionamentos e status social, em uma jornada que pode redefinir suas vidas.

O tema é universal e se mantém cada vez mais atual.

"The irish curse" estreou em 2005, no New York International Fringe Festival,sendoagraciadacom oPrêmiodeMelhorDramaturgia.Também foi montada em 2006, no Edinburgh Theatre Festival, e, em 2007, no Dublin Gay International Theatre Festival, sendo uma das cinco finalistas para o Oscar Wilde Best New Writing. Em 2010, a comédia entrou em cartaz no circuito Off-Broadway e já percorreu os Estados Unidos, além de ter montagens em Londres e, até mesmo, na Eslováquia.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Splendore - Produções e Eventos - Todos os direitos reservados